cabelosnaturais dicasetruques

Dando um jeito na cabeleira em 5 minutos nos dias de indisposição e dor no couro cabeludo

3/23/2015 08:12:00 AMForça na peruca


Olá pessoal!
Desde o final de fevereiro, quando voltei do Encontro de maníacas por lace wig de Salvador,  estava dando uma pausinha no uso de lace wigs, usando meu black power natural, e usando e abusando de hidratações em meu cabelo. 

Estava tudo bem até que no final da semana retrasada, passei a sentir fortes dores no couro cabeludo, o que me preocupou demais, pois eu costumo deixar meu cabelo natural e nunca senti essa dor. Só de passar a mão no cabelo eu sentia uma dor muito chata. Então eu não podia trançar, nem fazer nadinha, pois até amarrar o cabelo pra trás me causava dores realmente incômodas. Para quem venha a achar que as dores possam ser pelo uso de lace wig, já descarto essa possibilidade, já que eu não deixo meu cabelo trançado o tempo todo, e meu cabelo estava no black natural e as dores no couro começaram com meu cabelo solto e natural.

Vou postar um pouquinho aqui sobre esse assunto:

É comum algumas pessoas se queixarem de dor ou sensibilidade no couro cabeludo. Esta situação acontece ao se usar capacete, boné, chapéus ou qualquer tipo de elástico ou presilha para prender os cabelos. O simples fato de comprimir algumas áreas do couro cabeludo ou tracionar os cabelos de uma determinada região já é o suficiente para promover uma leve sensação de incômodo. Nestes casos raramente o paciente experimenta algum problema mais grave para os cabelos ou couro cabeludo e o mesmo se resolverá sem que seja preciso qualquer tratamento quando o paciente excluir a causa. 
Apesar de, na maioria das vezes, estar acompanhado de problemas simples de serem resolvidos, a sensibilidade e a dor de couro cabeludo podem ser causadas por problemas importantes e que exigem tratamento rápido para evitar maiores complicações.  
Aqueles que apresentam cabelos finos, ralos ou que são calvos podem desenvolver dor no couro cabeludo quando se expõem ao sol por conta das queimaduras, causadas pelas radiações ultravioletas. Para estes casos a prevenção com o uso de filtros solares ou bonés ajudam muito a evitar que esta situação se instaure. 
O excesso de oleosidade também pode deixar o couro cabeludo mais sensível. Isto acontece porque ela facilita o aparecimento de um problema conhecido como dermatite seborréica. Também é comum percebermos que pessoas que utilizam químicas nos cabelos, sejam alisantes ou relaxamentos, tendem a ter o couro cabeludo mais dolorido. A irritação provocada por estes tipos de produtos pode causar desde um simples processo inflamatório até queimaduras. 

Quando a dor e o desconforto de couro cabeludo persiste, o ideal é procurar um médico para um diagnóstico preciso e a escolha das medidas de tratamento coerentes para a melhora. É quase certo que com a conduta correta o quadro desaparece e o paciente fica sem dor e satisfeito. 
Dr. Ademir Carvalho Leite Junior DERMATOLOGISTA - CRM 92693/SP
Fonte:www.minhavida.com.br
Pesquisas me levaram a concluir que essa dor começou porque posso ter mudado a posição do cabelo - de solto - para amarrado e não pelo uso de lace wigs, já que uso lace wigs há anos, e nunca havia sentido essa dor antes. Muitas mulheres que utilizam aplique sentem essas dores nos primeiros dias. O que achei estranho de fato é que já amarrei meu cabelo antes e não sentia essa dor. Foi só dessa vez mesmo...

Agora, se você está usando lace wigs e sente dores no couro cabeludo, é importante rever a forma como está prendendo o cabelo, talvez experimentar novos penteados para diminuir o volume do seu cabelo natural. Trançar o cabelo (trança raiz) é comum sentir uma dorzinha no primeiro dia, principalmente se a trançadeira apertar muito, não tem necessidade de apertar demais. Mas se a dor persistir por mais de uma semana, não é saudável.

Caso o problema nao seja dores no couro em si, mas ao redor da cabeça, ou dores de cabeça mesmo, é bom se certificar se não está apertando demais a lace na cabeça através dos elásticos, com medo dela cair. 
Muitas usuárias tem tanto medo da lace wig cair da cabeça que usam os elásticos inferiores apertando muito o cabelo, de forma que sentem dores ao redor da cabeça, chegando até a ter enxaqueca. 

Graaaaças a Deus, a dor no couro cabeludo persistiu por apenas 3 dias.
Em contrapartida, meu cabelo foi ficando ainda mais indomável, e eu adoeci, contraindo um resfriado fortíssimo, pensamos que poderia ser dengue, pois na minha cidade está tendo surto da doença,os sintomas eram parecidos, mas graças a Deus, é apenas um reasfriado, que permanece até hoje. 

Me olhava no espelho e abatida, me sentia um pouco insatisfeita e com a auto estima baixa.
Sem poder usar lace wig, devido ao cabelo natural estar alto, sem poder lavar o cabelo e ajeitar meu black, por causa do resfriado, e indisposta...
Então decidi usar um lenço e uma lace wig cacheada bem volumosa que tenho aqui! Com o uso do lenço, dava uma amenizada no volume do cabelo natural e prendia a lace front wig cacheada atrás do lenço. Pronto! Consegui um visual mais alegre e estiloso em poucos minutos. Fiquei tão animada que mesmo doente, animei a fazer uma make básica e nem pareço mais tão abatida. 

Foto por Diogo Calaça (irmão que amo tanto)


Compartilho com vocês no vídeo.



Espero que curtam!


You Might Also Like

2 comentários

  1. que camera vc usa pra filmar e fotografar ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falvia me perdoa eu juro que só vi sua mensagem hj. A câmera que uso é uma Canon T3i -nesse video usei a lente padrão dela. que vem na camera... pra fotos geralmente uso uma 50mm que custa uns 380 reais.

      Excluir

Flickr Images

Formulário de contato